top of page
Buscar

Após aumento, tarifa de água de Ibiá fica entre as mais caras da região

Cidades onde há tratamento de esgoto tem tarifas mais baratas que Ibiá


Está em vigor, desde o dia 1º de março, o novo valor da tarifa de água dos ibiaenses. Após um reajuste de 25% na taxa de água e esgoto, os ibiaenses, que antes pagavam uma das menores tarifas do país, hoje pagam um valor que está entre os mais caros da região. A equipe do Ibiá em Foco realizou uma pesquisa em algumas cidades e o resultado não foi muito animador.

Em Araxá, cidade de 102 mil habitantes, a Copasa cobra, por um consumo de até 6 mil litros por mês, uma tarifa de R$ 30,32, sendo esse o valor mínimo cobrado pela empresa. Em Ibiá, com o mesmo consumo de 6 mil litros, os ibiaenses pagam um valor de R$ 35,66. A situação muda quando o consumidor de Araxá gasta 15 mil litros de água, consumo mínimo em Ibiá. Nessa ocasião, os araxaenses tem que desembolsar a quantia de R$ 104,92, quase três vezes o valor cobrado em Ibiá. É preciso levar em consideração o fato de Araxá disponibilizar aos moradores o serviço de tratamento de esgoto, cujo valor já esta incluso na tarifa. Em Ibiá não existe tratamento de esgoto.

Já em Sacramento, cidade com uma população em torno de 25 mil habitantes, o consumidor paga o valor de R$ 30,41, pelo mesmo consumo de 15 mil litros que, como em Ibiá, é a tarifa mínima cobrada pelo SAAE, que também disponibiliza aos moradores os serviços de tratamento de esgoto. (leia no final da matéria uma tabela comparativa com outros municípios com tarifas menores que Ibiá)

O vereador Roviner Mantoani, encaminhou um ofício ao SAAE, solicitando explicações em relação ao reajuste da tarifa na cidade. Em resposta ao vereador, o diretor do SAAE, Gilberto Dutra, disse que desde 2001, o SAAE repassa aos usuários apenas o índice inflacionário deixando o orçamento da empresa comprometido. Outros fatores como a economia no consumo de água feita pelos moradores durante o período da seca, reduzindo em 10% o faturamento da empresa em 2015, ocasionou um déficit na ordem de R$ 265.305,73 aos cofres da empresa. Os constantes aumentos da energia elétrica, principal recurso usado pela empresa para captação de água, também foi uma das justificativas.

Gilberto ainda justificou que o orçamento da empresa para o ano de 2016, aprovado pelos vereadores, é de R$ 4.100.000,00 no qual já está incluso o reajuste de 25%, e mesmo com esse aumento, Gilberto estima que a empresa feche 2016 com um déficit na ordem de 180 mil reais.

Ainda de acordo com o diretor do SAAE, o reajuste seguiu todos os trâmites como determina a lei, passando inclusive pelo conhecimento do COMUSA (Conselho Municipal de Saneamento de Ibiá) e posteriormente sendo aprovado pelo prefeito Hélio Silveira (PP). 

Compare na tabela a tarifa de Ibiá com outros municípios de Minas Gerais

CIDADE

EMPRESA

CONS.

VALOR

POSSUI TRATAMENTO DE ESGOTO?

IBIÁ

SAAE

15 m³

35,66

NÃO

UBERLÂNDIA

DMAE

15 m³

34,72

SIM

RAUL SOARES

SAAE

15 m³

24,54

NÃO

LAGOA FORMOSA

SAAE

15 m³

35,37

SIM

SACRAMENTO

SAAE

15 m³

30,41

SIM

VIÇOSA

SAAE

15 m³

33,66

SIM

#Cidade #Destaque