ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

Buscar

Brasileiro é o primeiro paciente a tomar medicamento contra Covid-19 em Israel

Segundo o paciente os sintomas da doença melhoraram dentro de 15 horas após tomar a medicação.


Imagem: Facebook/Reprodução.


O brasileiro Simcha Neumark de 33 anos, natural de São Paulo, foi o primeiro paciente a tomar a pílula Paxlovid, da farmacêutica Pfizer, contra a covid-19 em Israel. O remédio obteve autorização emergencial no país no último domingo (2) e tem como objetivo frear o agravamento da doença. Os Estados Unidos também aprovaram o uso da pílula em emergências. A informação foi divulgada pelo portal “Correio Braziliense”.


Simcha Neumark, que também tem nacionalidade israelense, tomou 5 doses da vacina contra a covid19, mas devido a uma doença autoimune, seu corpo não conseguiu desenvolver anticorpos contra a doença.


"Fiquei muito feliz ao receber o telefonema em que fui informado que provavelmente seria o primeiro a receber o medicamento no país", disse ele à mídia israelense.

Ele ainda contou que começou a sentir os sintomas da doença na sexta-feira (31/12) e no domingo (2/1) ele foi escolhido para ser o primeiro a receber o medicamento.

Por meio das redes sociais, ele agradeceu a oportunidade e fez votos para que aqueles que precisam possam ter acesso ao medicamento.


"Espero que todas as pessoas no mundo que precisam disso possam obtê-lo imediatamente", afirmou.

Paxlovid é ministrado em seis doses por dia e pertence a uma classe de medicamentos chamados inibidores de protease, como os usados ​​para tratar o HIV. Neumark relatou que os sintomas da doença melhoraram dentro de 15 horas após tomar a medicação.

0 comentário