top of page
Buscar

Brigadista morre em incêndio florestal em Minas Gerais

Vítima teria se afastado da equipe e não respondido aos chamados do grupo.

.

Área onde o corpo foi localizado. Imagem: Corpo de Bombeiros/Divulgação.


Um brigadista da Cenibra morreu no último sábado (8), durante o combate a um incêndio na zona rural de Ipaba, no Vale do Aço em Minas Gerais.


Nemoel da Silva, de 41 anos, fazia parte de uma equipe que atauava em uma área conhecida como Talhão 26 - Projeto Beira Rio, região do Trevo de Ipaba, às margens da BR-458. O fato foi registrado por volta das 16h.


Segundo o Corpo de Bombeiros, Nemoel ajudava no controle das chamas quando se afastou do grupo de brigadistas e não respondeu aos chamados dos colegas.


Ainda conforme os Bombeiros, o corpo foi localizado dentro de uma canaleta de drenagem de águas pluviais, de aproximadamente 40 cm de profundidade, já sem sinais vitais e com queimaduras de 1º grau em todo o corpo. A Polícia Militar foi acionada para registrar e acompanhar a ocorrência.


O local foi preservado para que a perícia técnica da Polícia Civil realizasse os trabalhos rotineiros. Após a perícia, o corpo do brigadista foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de necropsia.


Em nota, a Cenibra lamentou o caso e afirmou que o brigadista cumpria a atividade de preparação de aceiro para controle de incêndio em área de plantio de eucalipto, com outros colegas. Ao final da tarefa, os trabalhadores deveriam ter deixado o local para que o incêndio se extinguisse na área isolada. No entanto, Nemoel não se juntou ao grupo. Após busca, foi encontrado pelos colegas já vitimado pelo fogo.


Segundo a Cenibra, as causas do acidente já estão sendo investigadas pelas autoridades competentes acionadas conforme os protocolos de ocorrências desta natureza. Encerrando a nota, a empresa afirma que “por parte da CENIBRA, a prioridade é o apoio à família e aos colegas de trabalho.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page