Buscar

Campanha eleitoral começa “gelada” em Ibiá


Nos últimos anos as campanhas eleitorais em Ibiá já começavam com o termômetro nas alturas. Assim que dava a bandeirada inicial, os partidos políticos, através de suas coligações, lançavam seus fiéis exércitos nas ruas, rumo a grandes batalhas pela cadeira mais importante do poder executivo municipal.

Esse ano, com a redução pela metade do tempo de campanha, passando de 90 dias em 2012 para 45 atualmente, a luta pela Prefeitura de Ibiá começou sem grandes fragores, totalmente ao contrário da expectativa do eleitor.

Os partidos políticos resolveram deixar o tradicional corpo a corpo para a reta final das campanhas e adotaram as redes sociais para iniciar o contato direto com o eleitor. Mas um cuidado deve ser tomado, pois as postagens feitas nas redes sociais devem obedecer algumas regras. De acordo com as mudanças feitas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o candidato não pode pagar para impulsionar suas publicações.

Outras mudanças importantes também afetaram as campanhas desse ano. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão também foi reduzida de 45 para 35 dias. Pelo calendário oficial das eleições, divulgado pelo TSE, as inserções vão começar no próximo dia 26. Outra mudança que, provavelmente, seja a causa do inicio tímido dessas campanhas, foi a limitação de seus gastos. Os candidatos a prefeito de Ibiá estão limitados a gastar até R$ 108.039,06 e não podem receber doações de empresas, ficando, nesse caso, facultada apenas a pessoa física.

A respeito da fixação dos limites de gastos, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, destaca que a Justiça Eleitoral e a sociedade terão importante papel na fiscalização da aplicação dos recursos eleitorais. “Nós não dispomos de fiscais na Justiça Eleitoral para dar atenção a todos eles (gastos). A própria sociedade terá que fiscalizar. E como a disputa é muito acirrada, já que as disputas em municípios são, às vezes, mais acirradas que as nacionais, então é provável que haja ânimo de violar a legislação, especialmente na ausência de uma fiscalização mais visível. Por isso, a própria comunidade terá que se incumbir dessa tarefa”, afirma.

Essa semana as coligações políticas devem anunciar os primeiros comícios que serão realizados na cidade. Talvez assim os ânimos comecem a esquentar e a campanha eleitoral em Ibiá, finalmente esquente.

Saiba quem está concorrendo a Prefeitura de Ibiá


Três chapas vão disputar o comando da Prefeitura de Ibiá. Pela coligação “Agora é a vez do povo” (PR, PSB, PP e PV), disputa o ex-prefeito de Ibiá, Alonso e tem como vice, o atual vereador e ex-presidente da Câmara, Nenê; pela coligação “O futuro é agora” (PTdoB, PMDB, PTB, PSD, e PMN) concorrem o atual vice prefeito, Gillianno Mamão, que tem como vice, Heles Júnior; e pela coligação “Ibiá com mais saúde e desenvolvimento” (PSDB, PSL, PTC e PSC) concorrem a atual vereadora Dra Marlene que tem como vice, Roger Jeguinho.

Esse ano, 17.531 eleitores estão aptos a votarem no dia 2 de outubro, e decidir o futuro de Ibiá.

#Eleições2016

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

Anuncio_ief-4.jpg
Dá uma olhada no design que eu fiz no Canva!.png