top of page
Buscar

Corpo de adolescente de 12 anos é encontrado sem vida em uma rua de Belo Horizonte

O incidente foi captado por uma câmera de segurança, que flagrou um jovem de 25 anos deixando a adolescente desacordada no local.



Uma descoberta chocante abalou o bairro Bela Vitória, em Belo Horizonte na terça-feira (16). Uma menina de 12 anos foi encontrada morta, abandonada em uma rua local. O incidente foi captado por uma câmera de segurança, que flagrou um jovem de 25 anos deixando a adolescente desacordada no local. As autoridades foram acionadas e a Polícia Civil está investigando o caso.


De acordo com o boletim de ocorrência, imagens do circuito de monitoramento mostram o jovem e a vítima entrando em uma casa por volta das 10h da manhã de terça-feira. Às 13h30, o jovem aparece carregando a menina, inconsciente, nos braços. Ele a coloca no chão, entra na residência e fecha a porta.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado imediatamente após o incidente. No entanto, infelizmente, nada pôde ser feito para salvar a jovem, que já estava sem vida quando o socorro chegou.


O suspeito, em seu depoimento à polícia, alegou não conhecer a vítima. Ele afirmou que estava no campo de futebol do bairro Nazaré, quando a menina apareceu e pediu água, alegando sentir-se mal e com falta de ar. O jovem também mencionou que a vítima estava usando uma droga conhecida como loló.


Ele relatou que levou a menina para dentro de sua casa, onde ela continuou inalando loló. Segundo ele, a vítima começou a ter dificuldades respiratórias, o que o levou a levá-la para fora, na calçada, e acionar o Samu.


Entretanto, a versão do jovem não condiz com as imagens registradas no vídeo, conforme alega a PM. Nas imagens, é possível ver o suspeito deixando a vítima na rua, sem prestar socorro. O pai da vítima foi quem a identificou.


O médico do Samu responsável pelo atendimento afirmou que a vítima estava com o queixo rígido, indicando que "a morte ocorreu muito tempo antes do acionamento", conforme consta no boletim de ocorrência. A perícia não encontrou sinais de violência no corpo.


Durante a busca na residência, os policiais encontraram um preservativo usado, mas não encontraram loló no local, apesar do relato do suspeito. No entanto, foram recolhidos resquícios de frascos de cocaína, que serão submetidos à perícia.


Segundo a PM, o suspeito possui antecedentes criminais por tráfico de drogas, furto e estupro de vulnerável.


Um parente, que preferiu não se identificar, informou ao portal G1 que o homem visto nas imagens é um desconhecido para a família. A vítima residia nas proximidades, no bairro Goiânia, com o pai e uma irmã menor de apenas 10 anos.


Agora, a comunidade e a família buscam respostas para esse trágico acontecimento.


A Polícia Civil de Minas Gerais vai investigar o caso.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page