top of page
Buscar

Covid-19: decreto proíbe venda de bebidas alcoólicas e restringe funcionamento de comércio em Araxá

SRS de Patos de Minas recomenda lockdown por 15 dias no Alto Paranaíba e Noroeste de Minas.


Imagem: Santa Casa/Divulgação


A situação do novo coronavírus nas regiões do Alto Paranaíba, Triângulo Mineiro e Noroeste de Minas continuam se agravando a cada dia que passa. Unidades de Terapias Intensivas localizadas em cidades consideradas polo regionais seguem com lotação no limite e várias cidades já esgotaram as vagas de internações.


Diante do problema que se agravou na região, vários prefeitos estão tomando novas medidas pra tentar conter o avanço da doença.


Em Araxá, durante uma entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (16), com participação do prefeito Robson Magela (Cidadania), foi anunciado medidas restritivas que vão durar por 15 dias. Durante a coletiva, o prefeito afirmou que o município atingiu a ocupação máxima de leitos Covid-19 referentes a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


“Quero deixar claro que fico chateado com algumas ações que temos que tomar, mas essas ações foram tomadas junto com o Comitê de Enfrentamento. Infelizmente estamos com 100% dos leitos de UTI ocupados em Araxá”, disse o prefeito.

Entre as novas medidas anunciadas estão a proibição de vendas de bebidas alcoólicas na cidade e a restrição no horário de atendimento do comércio local.


Veja abaixo quais as restrições deverão ser adotadas:


  • Fica determinado por 15 dias, como medida excepcional, a proibição da venda, distribuição e fornecimento de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos localizados em Araxá. Inclusive, por meio de delivery;

  • Comércio, incluindo lojas de conveniência e congêneres situados em postos de combustíveis ou não, funcionará de segunda-feira a sexta-feira até as 18h; aos sábados, até as 12h. Permanecendo fechado aos domingos e feriados;

  • O comércio em shoppings e galerias, pátios e correlatos poderão funcionar de segunda-feira a sexta-feira até as 18h. Aos sábados até as 12h, devendo permanecer fechados aos domingos e feriados;

  • As praças de alimentação localizadas em shoppings e galerias, pátios e correlatos poderão funcionar de segunda-feira a sábado até as 20h. Nos domingos, o funcionamento deverá ser somente até as 15h. Após este horário poderão funcionar, somente via delivery, sendo proibido a retirada no local;

  • Supermercados, mercados, mercearias e padarias poderão funcionar de segunda a sábado até as 19h. E aos domingos e feriados, deverão permanecer fechados.

Lockdown


A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Patos de Minas recomendou que as cidades das regiões do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro adotem o sistema de lockdown por 15 dias como medida para controlar as contaminações do vírus.


O secretário estadual de saúde, Carlos Eduardo Amaral, confirmou que o lockdown é uma das medidas que podem ser adotadas pelas regiões e municípios. Segundo ele, no momento o importante é restringir a circulação e evitar que o coronavírus se espalhe ainda mais.


“O importante é que haja uma restrição maior da circulação, não importando muito a forma. Entendemos que tem que ser maior, pois até aqui o que foi feito não foi o suficiente. Na região precisamos diminuir como um todo a origem dos casos e isso só é possível aumentando o distanciamento e as medidas”, ressaltou Amaral.

Fazem parte da área da SRS de Patos de Minas os municípios de: Arapuá, Brasilândia de Minas, Carmo do Paranaíba, Cruzeiro da Fortaleza, Guarda-Mor, Guimarânia, João Pinheiro, Lagamar, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Matutina, Patos de Minas, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Santa Rosa da Serra, São Gonçalo do Abaeté, São Gotardo, Serra do Salitre, Tiros, Varjão de Minas e Vazante.


O município de Ibiá poderá sentir os reflexos dessas mudanças nas cidades vizinhas e ter que adotar novas medidas restritivas para conter a contaminação do vírus na região. O prefeito de Araxá deve se reunir nos próximos dias com prefeitos das cidades vizinhas e apresentar as medidas impostas em Araxá, para que juntos possam tomar as melhores decisões para conter o avanço da doença.

Comentarios


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page