top of page
Buscar

Covid-19: Ibiá endurece regras para mercados e supermercados

Entre as novas determinações estão o controle de acesso aos estabelecimentos com aferição de temperatura corporal dos clientes.


Com o aumento considerável nos casos de covid-19 em Ibiá a prefeitura, através do Comitê de Enfrentamento e Monitoramento da Covid-19, estabeleceu medidas mais restritivas para o funcionamento de mercados, supermercados e hipermercados. A cidade está na Onda Vermelha do Plano Minas Consciente do Governo Estadual.


A Resolução CMEMC/IBIÁ/MG Nº 39 que foi publicada nesta quinta-feira (20) e passa a valer a partir desta sexta-feira, dia 21 de maio.


De acordo com a resolução, os mercados, supermercados e hipermercados deverão controlar a entrada de clientes, permitindo que haja uma pessoa a cada 10 metros quadrados do estabelecimento, evitando aglomeração. Além disso, devem disponibilizar, obrigatoriamente, um funcionário para realizar a desinfecção dos carrinhos e cestas e ainda controlar o acesso das pessoas, exigindo o uso de álcool em gel e aferindo a temperatura corporal, utilizando dispositivos sem contato físico. As pessoas cuja temperatura esteja igual ou superior a 37,6ºC e/ou com sintomas gripais, devem ser impedidas de entrar no estabelecimento e orientadas a procurar um serviço de saúde. A entrada de menores de 12 anos não será permitida.


O não cumprimento das medidas impostas na resolução, ocasionará multa conforme determinado na Lei Municipal nº 2.473 de 04/02/2021, além de outras penalidades administrativas e penais cabíveis.


Casos de covid-19 em Ibiá

A Prefeitura atualizou os números da evolução do novo coronavírus na cidade. De acordo com o boletim o município registrou mais 20 novos casos da doença nas últimas 24 horas. A cidade soma agora 1.684 infecções desde o ínicio da pandemia, com 1.544 casos recuperados. O número de pessoas que estão com o vírus ativo no corpo subiu de 101 para 107. Onze pessoas estão hospitalizadas sendo, 10 em leitos de enfermarias e um em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Comentarios


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page