top of page
Buscar

Curso de Saúde na 3ª Idade faz “revolução” em Lar Vicentino em Ibiá

Por: Viviane Santana.

Estima-se que, em 2050, jovens e idosos dividam a mesma porcentagem nos indicadores mundiais. As últimas constatações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) diz que a população cresce numa taxa abaixo de 2,5%, já o crescimento dos idosos é perto de 5%. Em resumo, a partir de 2020, o Brasil começará a envelhecer.


Para que a idade chegue com qualidade, é preciso pensar em como diminuir os impactos que ela causa e o Senar Minas já tem projeto para isso. Durante os três dias do Curso de Saúde na 3ª Idade são trabalhados temas como Saúde Física, Psíquica e Social. São ensinamentos sobre novas atitudes que influenciam na qualidade de vida dos participantes em relação ao envelhecimento.


Melhorias e emoção

Com uma parceria do Senar e Sindicato Rural de Ibiá, os moradores do Lar Vicentino Padre Agostinho Klinger participaram do curso. Segundo a instrutora Maria Ana Knychala Faria, a novidade desta capacitação é que o trabalho foi desenvolvido com pessoas de uma instituição de longa permanência. “Fiquei surpreendida com o interesse e a participação deles. A medida em que vivenciaram as experiências possibilitou melhorias para esses residentes. Mesmos os que têm maiores dificuldades quiseram participar e demostraram interesse e desenvolvimento com o curso.”


A inciativa partiu da mobilizadora Lorena Fernanda Martins para atender aos residentes da instituição filantrópica. Para ela, mobilizar este curso para terceira idade teve um toque especial e foi uma grata surpresa. “Cerca de 15 pessoas conseguiram participar. Ver a alegria deles foi muito gratificante. Recebemos declarações dos residentes que os três dias de curso foram uma ‘revolução’ na vida deles. Como permanecem num mundinho muito particular, a nossa presença, com conteúdo e atividades práticas, foi um grande incentivo para essas senhoras e senhores. Descobri que posso ajudar o próximo com a ajuda do Senar, elevar a autoestima e trazer felicidade ao ser humano”, declara, emocionada.


Mudança na rotina

A presença de novas pessoas no Lar Vicentino mudou o dia dos residentes. Cássio Antônio Duarte, presidente da instituição, explica que, como a rotina dos idosos é muito constante, com as atividades programadas eles puderam escrever, ver slides e contar suas histórias. Para os dirigentes do Lar, o curso foi surpreendente.

“A gente sempre tenta trazer as pessoas de fora para conhecer o Lar e promover atividades diferenciadas para os residentes. Achamos muito interessante essa capacitação para tirá-los da ociosidade. Foi uma ótima oportunidade com o pessoal do Senar e levar o curso para dentro do Lar superou nossas expectativas. Foi muito bacana!”


E quem ganhou com tudo isso? “Não dá para mensurar quem se beneficiou mais com esse curso. Foi uma construção coletiva onde trouxemos e vamos levar novos conhecimentos para vida de todo mundo. No final, todos os participantes aprenderam e ganharam com isso.” explica Maria Ana Faria, a instrutora responsável.


Lar Vicentino Padre Agostinho Klinger

É uma instituição sem fins lucrativos, que vive de doações da comunidade. O Lar Vicentino Padre Agostinho Klinger foi fundado em 1977 e, atualmente, tem 26 residentes.

Commenti


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

anuncio marsusi.jpeg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page