top of page
Buscar

Defesa Civil confirma a morte de 30 pessoas em Minas após tempestades

Somente na Grande BH, 11 pessoas perderam a vida.



A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) de Minas Gerais confirmou no início da noite deste sábado (25), a morte de 30 pessoas por causa das chuvas que caíram em todo estado mineiro nos últimos dias. Somente na Região Metropolitana de Belo Horizonte, 11 pessoas perderam a vida nas últimas 24 horas. Este número pode aumentar, já que outras 17 pessoas estão desaparecidas.


Em todo estado são 3.531 pessoas que estão fora de suas residências, sendo 2.620 desalojadas e 911 desabrigadas. Estes números correspondem às ocorrências finalizadas até as 18h deste sábado.


Em Belo Horizonte, unidades do Corpo de Bombeiro, encontraram corpos de sete pessoas, sendo 3 crianças e 4 adultos. Todos foram achados soterrados no Bairro Jardim Alvorada, na Vila Bernadete, no Barreiro e na Pampulha.


De acordo com a Defesa Civil estadual, os números dizem respeito às ocorrências finalizadas até as 18h deste sábado, mesmo dia em que as autoridades encontraram sete corpos em Belo Horizonte e um em Contagem, na Grande BH.


Em Ibirité, na Grande BH, um barranco desabou em cima de uma casa e provocou a morte de 3 pessoas, sendo uma mulher e seus dois filhos, um bebê de apenas 6 meses de vida e uma criança de 6 anos. Militares do Corpo de Bombeiros informaram que o corpo da mãe foi encontrado abraçado ao do bebê.

Santa Luzia fica alagada após tempestade

Em Santa Luzia, moradores ficaram ilhados por causa de inundações e alagamentos em grande parte do município. O Rio das Velhas transbordou em alguns pontos e, por motivo de segurança, vários trechos de vias próximas ao rio foram interditadas.


De acordo com o prefeito Delegado Christiano Xavier, a prevenção que a cidade teve desde quinta-feira ajudou o município a não perder vidas. Na sexta-feira, foi decretado ponto facultativo e a Defesa Civil já pedia a retirada de moradores com a previsão de chuva.

“Graças a Deus essa prevenção ajudou bastante. Deu pra avisar as pessoas e elas saíram. Fizemos bloqueios de lugares com possível alagamento, fomos a áreas de risco… nos preparamos”, disse Xavier.


O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, sobrevoou várias cidades que foram atingidas pelas últimas chuvas no estado, entre elas, Governador Valadares, Carangola e Manhuaçu. O governador estava acompanhado por representantes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros e juntos avaliaram os danos causados pelos temporais. De acordo com Zema, todas as áreas consideradas de risco estão sendo monitoradas.


Pelas Redes Sociais, o governador lamentou as mortes causadas pela chuva, e afirmou que o estado está trabalhando para minimizar o sofrimento das vítimas.

“Lamento profundamente pelas mortes ocorridas, especialmente de uma criança, decorrentes da maior chuva já registrada em toda história de Belo Horizonte e região metropolitana. Ressalto que o Governo do Estado de Minas Gerais está trabalhando e os órgãos responsáveis estão monitorando todas as regiões. É imprescindível que todos sigam as recomendações da Defesa Civil de Minas Gerais para se protegerem”, escreveu.

Comments


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page