top of page
Buscar

Eleições 2012: Candidato à Prefeitura de Ibiá é impugnado pela Justiça

O candidato à prefeitura de Ibiá, Paulo Jibóia (PSDB) teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral de Minas Gerais. A candidatura de Paulo é formulada pela Coligação “O desenvolvimento está de volta”, formada pelos partidos políticos PMDB, PTC, PSB e PSDB.

A decisão da justiça foi divulgada hoje (28) e já está publicada no site do TSE.

Clique na imagem para ampliar

TRAGETÓRIA POLÍTICA DE PAULO JIBÓIA

Paulo Jibóia começou sua carreira política como vereador, depois se candidatou a prefeito e venceu logo na primeira vez. Em seu primeiro mandato Paulo realizou uma boa administração, realizando várias obras na cidade, entre as mais importantes destacamos a construção do 1º Poliesportivo de Ibiá, construção de postos de saúde e pavimentação de várias ruas da cidade. Ele chegou até ser chamado, pelos seus eleitores, de “Pai dos Pobres”. Neste primeiro ano comandando o executivo de Ibiá, Paulo ficou no poder por seis anos.

Em 1993, Paulo volta à prefeitura de Ibiá para seu segundo mandato. Nesse segundo trabalho, Paulo deixou a desejar. O chefe do executivo cometeu vários erros e deixou o povo de Ibiá inseguro quanto a sua competência. Funcionários públicos ficaram, no intervalo de um ano, sete meses sem receber salários; a prefeitura atolada em dívidas, não tinha créditos em vários fornecedores; os doentes internados na Santa Casa eram obrigados a comprar os próprios remédios para realizar seus tratamentos.

Depois de oito anos, Paulo volta a administrar Ibiá. Neste terceiro mandato, Paulo queria apagar a má impressão deixada em sua última passagem pela prefeitura. Bem que tentou, realizando algumas obras, mas no final pecou novamente. Há suspeitas que algumas pessoas receberam as chaves das casas sem ter feito nenhum tipo de inscrição e o que é pior, sem ter passado por nenhuma avaliação técnica para comprovar a necessidade da moradia. E pra completar, em sua saída em 2008, mais um escândalo envolve Jibóia. O Ministério Público de Minas Gerais pediu a prisão de 24 prefeitos mineiros envolvidos em um esquema de fraudes em licitações públicas para aquisição de medicamentos. Paulo aparece na lista de prefeitos envolvidos neste escândalo (leia a reportagem no link abaixo).

Paulo terá direito a recorrer da decisão judicial.

O julgamento do candidato Hélio Silveira (PP) deverá acontecer até a próxima terça-feira (dia 31).

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page