top of page
Buscar

Governador de Minas admite estudar a abertura de alguns setores do comércio

Zema disse que irá analisar a medida na próxima semana e que abertura de alguns setores do comércio vai depender da evolução de casos do COVID-19



O governador de Minas, Romeu Zema, admitiu na tarde desta sexta-feira (27), que a partir da próxima semana, irá estudar a possibilidade de liberar as atividades de alguns setores do comércio no estado. O governador disse que se sente bastante otimista na reativação de parte do comércio, mas já adiantou que esta ação dependerá dos números de casos de coronavírus que surgirem no estado.

“Na próxima semana iniciaremos um estudo para ver o que é possível fazer para reativar alguns setores. Isso será feito com muito critério, estando sujeito a ser desfeito se os índices de infectados do coronavírus estiverem aumentando. Será algo condicional. Estamos otimistas para liberar algumas atividades em algumas regiões do estado”, ressaltou o governador.


Zema informou que o estado de Minas está tendo um alto custo com a prática do isolamento e a interrupção de diversos setores do comércio, mas destacou que a prioridade no momento é a preservação da vida.


“Minas é muito grande. O coronavírus se espalhou de forma desigual no estado, não seria justo dar o mesmo tratamento a todas as cidades”, afirmou.


De acordo com o governador, o estudo para avaliar a probabilidade de abertura de setores do comércio, será examinado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) e por prefeitos das cidades envolvidas e que medidas de segurança dos funcionários que, possivelmente irão voltar aos postos de trabalho, deverão ser discutidas com seus respectivos sindicatos dos trabalhadores.


“Nós estaríamos saindo de um isolamento para uma situação de distanciamento. Os comércios que vierem a funcionar vamos exigir uma distancia entre as pessoas nos locais”, concluiu o governador.

ความคิดเห็น


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page