top of page
Buscar

Governador Zema é mais bem avaliado do que Lula no estado de Minas Gerais, mostra pesquisa

Estudo foi realizado entre outubro e novembro e revelou que a aprovação de Zema teve um aumento de 7,92 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, quando o governador foi reeleito com 56,18% dos votos válidos.

 



Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto DATATEMPO, o governo de Romeu Zema (Novo), obteve uma maior aprovação do que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, em Minas Gerais. De acordo com os dados da pesquisa, 64,1% dos entrevistados aprovaram o governo de Zema, enquanto 50,6% aprovaram o governo de Lula.

 

Essa pesquisa foi realizada entre os dias 23 de outubro e 21 de novembro e contou com a participação de 4.804 pessoas em entrevistas domiciliares em 12 regiões centrais de Minas Gerais. Os resultados mostram que a aprovação de Zema teve um aumento de 7,92 pontos percentuais em relação à pesquisa realizada em 2022, quando o governador foi reeleito com 56,18% dos votos válidos.

 

Por sua vez, Lula empatou com a mesma votação que obteve em Minas Gerais no segundo turno das eleições presidenciais, quando derrotou o ex-presidente Jair Bolsonaro, do PL, porém com uma pequena queda de 0,3 ponto percentual. Naquela ocasião, Lula obteve 50,9% dos votos válidos.

 

Além disso, a pesquisa revelou que o índice de rejeição de Zema é menor do que o de Lula. Enquanto 28,7% dos pesquisados desaprovaram o governador, 43,4% desaprovaram o presidente. No entanto, a taxa de indecisos é maior para Zema, com pelo menos 7,1% dos entrevistados não sabendo ou não respondendo se aprovavam ou desaprovavam o governador. No caso de Lula, esse número foi de 6%.

 

A primeira visita de Lula a Minas Gerais está prevista para janeiro, quando o ex-presidente deverá anunciar melhorias no Rodoanel e a transferência do Aeroporto Carlos Prates para Belo Horizonte. Embora Zema tenha afirmado que Lula será bem-vindo, a agenda pode ter sido incômoda para o governador, já que na última sexta-feira (22), o senador Rodrigo Pacheco, do PSD, disputou com Zema um papel-chave na resolução da dívida do estado e disse que o presidente o queria como candidato ao governo mineiro em 2026.

 

Por outro lado, a avaliação do governo Zema, que deverá concorrer à presidência em 2026, apesar de declarar que não tem interesse em disputar, também é superior à avaliação do governo Lula de Minas Gerais. Segundo a pesquisa, 43,6% dos pesquisados classificaram a gestão do governador como muito boa ou boa, enquanto 33,2% a consideraram justa e 17,1% a classificaram como muito ruim ou ruim. Já a percepção positiva do governo Lula é apenas 4,5 pontos percentuais superior à percepção negativa. Enquanto 36,6% dos entrevistados classificaram a administração presidencial como muito boa ou boa, 32,1% a classificaram como muito ruim ou péssima. 27,3% acham que o governo Lula funciona normalmente, enquanto os 4% restantes não sabem ou não responderam.

 

A pesquisa DATATEMPO possui um nível de confiança de 95% e uma margem de erro de mais ou menos 1,41 ponto percentual. Os resultados refletem a opinião da população de Minas Gerais sobre os governos de Zema e Lula, fornecendo uma perspectiva importante sobre a avaliação política no estado.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page