top of page
Buscar

Homens são vítimas de golpe após comprarem diamante rosa falso em Patos de Minas

Crime aconteceu na última terça-feira (21). Dois suspeitos foram presos e um está foragido.


Foto: Sotheby's/Divulgação.


Quatro pessoas foram vítimas de um golpe em Patos de Minas, onde pagaram 300 mil reais por um diamante rosa falsificado. A pedra, teoricamente, foi avaliada em 50 milhões de reais, mas foi vendida por menos de 1% do preço original.


De acordo com a Polícia Militar (PM), o fato aconteceu na última terça-feira (21) quando um grupo de quatro pessoas acionou a polícia, alertando que foram vítimas de fraude. A transação ocorreu em um galpão, próximo à BR-365.


O grupo disse que um homem de 44 anos tinha oferecido o diamante. Os compradores ficaram interessados e logo marcaram um encontro com os vendedores para ver o material e confirmar se realmente era autêntico. No dia 18, aconteceu uma reunião com 3 vendedores suspeitos, que mostraram a pedra. Eles usaram um equipamento para testar o objeto, que confirmou ser um item precioso.


As partes se reuniram novamente na terça-feira, dia 21, para encerrar as negociações. A vítima pagou 300 mil reais e os criminosos entregaram a pedra. Com a quantia em mãos, dois dos vendedores saíram do local e se dirigiram para um cafezal.


Os compradores realizaram uma nova verificação no objeto para confirmar a veracidade, mas desta vez, eles confirmaram que se tratava de um diamante falso.

Segundo a PM, um dos suspeitos, de 44 anos, que ficou com as vítimas após as negociações, levantou várias inconsistências na história e admitiu ter participado do golpe. Ele também tentou fugir, mas foi impedido pela polícia.


O homem forneceu mais detalhes sobre as outras pessoas envolvidas e, após reunir mais informações, a polícia descobriu que os suspeitos se encontrariam em dois endereços, um dos quais, na casa de um negociador. A polícia foi ao local e viu um suspeito saindo de bicicleta. Ele tentou fugir, mas acabou sendo preso.


Ainda segundo a PM, no sistema judicial, consta que ambos tinham se envolvido em um crime semelhante em 2018. Os dois foram presos e levados para a delegacia, junto com os materiais recolhidos na ocorrência. Buscas policiais continuam para encontrar o terceiro envolvido.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page