Buscar

Mulher é presa suspeita de assediar menores e fazer apologia ao nazismo em Tiros

Investigações apontam que havia ameaça de realizar massacre em colégio.



O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) decretou a prisão de uma mulher, suspeita de assediar duas menores de idade a praticar atos libidinosos, por meio de trocas de mensagens, e possível crime de estupro de vulnerável contra uma delas. Além disso, ela também é acusada de incentivar tráfico de drogas, fazer apologia ao nazismo e ameaçar fazer um massacre em uma escola. O caso aconteceu na cidade de Tiros, região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais.


De acordo com a denúncia, as investigações começaram quando a mãe das vítimas percebeu mudanças no comportamento das filhas, sendo identificado inúmeras conversas entre a acusada e as menores. Após o retorno das aulas presenciais, a situação se agravou, já que havia ameaças de realizar um massacre em um determinado colégio. Ainda conforme as investigações, há indícios que pode haver outras vítimas envolvidas no caso que ainda não foram identificadas.


A acusada já está presa e o MPMG, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Tiros, também requereu à Justiça Criminal da comarca medida cautelar que impeça qualquer contato entre as partes, bem como a expedição de mandado de busca e apreensão de aparelhos como notebooks, computadores e celulares e afastamento do sigilo de dados dos dispositivos. Também foi solicitada a quebra de sigilo dos aparelhos telefônicos das menores.

0 comentário

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

Anuncio_ief-4.jpg
Dá uma olhada no design que eu fiz no Canva!.png