top of page
Buscar

Mulher é presa suspeita de promover rinha de galos em Ibiá

A polícia apreendeu equipamentos usados no transporte das aves, bem como esporas e outros acessórios utilizados durante as brigas.

Imagem: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação

Uma mulher foi presa na terça-feira (9) em Ibiá, suspeita de promover rinhas de galos. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar de Meio Ambiente, que agiu após receber uma denúncia.

Após investigações, os militares conseguiram identificar o local onde ocorriam as rinhas e encontraram 34 animais mantidos em condições precárias. Os galos estavam confinados em pequenas gaiolas, apresentando lesões aparentes e, em alguns casos, membros amputados.

Imagem: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação

Durante a operação, foram encontrados também medicamentos de uso controlado, utilizados para melhorar o desempenho dos galos e auxiliar na recuperação dos ferimentos. Além disso, foram apreendidos equipamentos usados no transporte das aves, bem como esporas e outros acessórios utilizados durante as brigas.

A mulher foi autuada e encaminhada à Polícia Civil para o registro da ocorrência e abertura do processo criminal. Já as aves foram levadas para a Faculdade de Zootecnia de Uberaba, onde receberão os cuidados necessários.

A prática de rinhas de galos é considerada ilegal e configura crime de maus-tratos aos animais. A Polícia Militar de Meio Ambiente reforça seu compromisso em combater esse tipo de atividade, protegendo a fauna e garantindo o bem-estar animal.

Kommentare


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

anuncio marsusi.jpeg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page