top of page
Buscar

Mulher comete ato ilícito e pede para ser presa para ter auxílio-reclusão

Mulher disse que entrou em desespero por falta de recurso para sustentar os filhos.

Imagem ilustrativa: Pixabay


Uma mulher de 31 anos, mãe de duas crianças, foi presa no último domingo (10/2), por tráfico de drogas em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Ela cometeu o ato ilícito com a intenção de ter acesso ao auxílio-reclusão e sustentar os filhos. O benefício financeiro, pago mensalmente, é devido aos dependentes do segurado de baixa renda que foi preso.


Conforme informações da Polícia Militar (PM), ela mesma ligou 190 e pediu para ser presa. Ela alegou que passa por necessidade e, diante do desespero, fez um empréstimo e comprou as drogas.

Ela também disse aos militares que não conseguia emprego para se sustentar.


Durante a abordagem, a mulher entregou à polícia uma bolsa, onde foi encontrada uma certa quantidade de maconha, farelos e porções de pedras de crack.


Diante dos fatos a mulher foi presa e encaminhada até a delegacia de polícia, onde permaneceu a disposição da justiça.

campanha-Governo.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page