top of page
Buscar

Nova fábrica da cervejaria Heineken será em Passos, no Sul de Minas

Empresa investirá R$ 1,8 bilhão na construção da sua 15ª unidade no Brasil, que irá gerar 350 empregos diretos e 11 mil indiretos.


O governador Romeu Zema participou, nesta quarta-feira (27/4), em Passos, no Sul de Minas, do anúncio da instalação da fábrica da cervejaria Heineken no município. A nova unidade, que receberá investimentos da ordem de R$ 1,8 bilhão, vai gerar 350 empregos diretos e 11 mil indiretos. O início das operações da 15ª unidade do grupo no Brasil está previsto para 2025, com a produção das marcas puro malte Heineken e Amstel e capacidade produtiva anual de mais de 5 milhões de hectolitros. A fábrica será a unidade mais sustentável da companhia no país, sendo 100% abastecida por fontes de energia renovável. Durante pronunciamento, Zema explicou que o anúncio de hoje é fruto de um trabalho iniciado há 40 meses com avanços em diversas áreas, como na educação, saúde, segurança pública, simplificação de processos e atração de investimentos. “Tenho certeza que o presidente da Heineken não quer investir em um estado sem mão de obra capacitada e sem segurança jurídica. O que fizemos neste período foi criar condições de avançar nesse ambiente propício ao desenvolvimento, atração de investimentos e geração de empregos”, afirmou. Após os entraves que inviabilizaram a instalação da cervejaria em Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o governador disse que toda a equipe do governo esteve envolvida para garantir a permanência da empresa em Minas Gerais. “Deixei claro que o Estado faria de tudo que estivesse ao alcance para que a cervejaria se instalasse em Minas”, afirmou. Definição Segundo os representantes da empresa, a escolha de Passos se deve à disponibilidade hídrica, desenvolvimento socioeconômico e facilidade logística para o abastecimento do estado de Minas Gerais e da região Sudeste. Inicialmente, a fábrica seria implantada em Pedro Leopoldo, conforme anunciado pela companhia no final de 2020. Após enfrentar embargos, já que o terreno que abrigaria a unidade fica próximo às cavidades da Lapa Vermelha, área onde foi encontrado o fóssil humano mais antigo das Américas, a Heineken desistiu da instalação da fábrica no município. Foi aberto um novo processo de seleção para a escolha da cidade que iria receber a nova planta da cervejaria, que recebeu a inscrição de cerca de 300 municípios. Três cidades foram selecionadas como “finalistas”: Passos, Uberaba e Uberlândia. Após nova rodada de análise de cada uma das finalistas, a empresa optou por se instalar em Passos.


Por: Agência Minas.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page