top of page
Buscar

PM localiza suspeitos de pilotar drone que jogou fezes e urina em apoiadores de Lula em Uberlândia

Apoiadores do ex-presidente aguardavam início de ato com Alexandre Kalil quando foram atingidos pelos materiais.


Equipamento é utilizado em pulverização de lavoura. Foto: Flávia Ribeiro.


Três homens foram detidos na tarde desta quarta-feira (15), em Uberlândia, acusados de pilotar drone que derramou fezes e urina em apoiadores do ex-presidente Lula (PT) e do pré-candidato a governador, Alexandre Kalil (PSD), que aguardavam o início de um ato político.


Segundo a Polícia Militar, eles confessaram que estavam pilotando o drone, no entanto, não apresentaram uma autorização para operar o equipamento. Eles ainda disseram que o material jogado é um produto químico, muito utilizado em lavouras para atrair moscase que apresenta um odor bastante desagradável.



Os candidatos, não chegaram a ser atingidos. Alguns participantes tentaram arremessar pedras e pedaços de madeira no aparelho, mas foram impedidos pela equipe de segurança, que alertou para o risco de acidentes. Outros procuraram refúgio em uma tenda montada no local.


O evento em Uberlândia marcou a primeira vez que Lula e Kalil subiram no mesmo palanque. No mês passado eles anunciaram uma aliança para as eleições de 2022. Também estavam presentes, o vice na chapa de Lula, Geraldo Alckmin (PSB), e o vice na chapa de Kalil, André Quintão (PT).


Após serem ouvidos e assinarem um termo de ocorrência, os detidos foram liberados. Posteriormente, eles terão que comparecer no Juizado Especial Criminal. O equipamento foi apreendido.

Comments


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page