top of page
Buscar

Secretaria Estadual de Saúde afirma que Minas está pronta para receber vacina contra covid-19

Imunizações no estado devem seguir programa de vacinação do Governo Federal


Imagem: Laura Rezende/Divulgação


A SES (Secretaria Estadual de Saúde) de Minas Gerais garantiu que o estado está preparado para receber e aplicar a tão esperada vacina para combater a covid-19. O primeiro lote da vacina, que foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac chegou ao Brasil na última quinta-feira (19).


De acordo com o Secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, o sistema de saúde mineiro já esta pronto, mas deve seguir o Programa Nacional de Imunizações, que é coordenado pelo Ministério da Saúde. “O que cabe ao estado fazer é preparar a distribuição da vacina, o treinamento da rede, para que consigamos vacinar toda população o mais rápido possível quando tivermos vacina”, afirmou o secretário.


Ainda conforme o secretário, o plano de contingência começou há dois meses. “É um plano de ações em plena operação para estruturar toda a rede, adquirir insumos e, a princípio, chegando a vacina, Minas Gerais estará pronta”, garantiu o secretário.


A SES-MG informou que assim que as vacinas forem adquiridas, o governo iniciará a imunização em grupos vacinais, garantindo a prioridade, assim como é realizado em outras campanhas de vacinação.

“O que nós temos é que pensar em ter insumos o suficiente para nós vacinarmos a sociedade, e isso já está muito bem encaminhado. Já temos todo o planejamento de logística, isso envolverá inclusive a Polícia Militar para termos certeza que vai chegar a vacina em todos os pontos de Minas Gerais”, afirmou Amaral.


O secretário descartou, momentaneamente, a possibilidade de “segunda onda” da covid-19 no estado, mas alertou para que as pessoas continuem tomando todas as precauções quanto ao perigo do contágio.

“A pandemia não acabou. Se tomarmos cuidados, principalmente, não aglomerarmos, continuaremos na onda verde, que significa uma vida próxima do que era antes. Isso enquanto não temos vacina definida”, concluiu o secretário.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page