top of page
Buscar

Superintendência de Saúde de Uberaba confirma unidade do SAMU para Ibiá


A SRS (Superintendência Regional de Saúde de Uberaba) confirmou que Ibiá será contemplada com uma unidade móvel do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) equipada de forma básica.

A equipe do Ibiá em Foco entrou em contato com o Superintendente da SRS de Uberaba, Iraci José de Souza Neto que explicou como está sendo desenvolvido o projeto que foi apresentado por ele na 1ª Assembleia Geral Ordinária do Consórcio Público, realizada em Uberaba no ano passado.

“Estamos regionalizando esse serviço, através da criação da rede de urgência e emergência da macrorregião Triangulo do Sul, para o atendimento aos 27 municípios de nossa jurisdição. Conforme estudo e desenho pactuado em 2014, a rede será disposta em bases descentralizadas em 17 municípios que deverão ser construídas e ou adequadas conforme os critérios do projeto”, disse Iraci, que também falou como está a programação de entrega dessas ambulâncias.

“Essa rede está programada para entrar em funcionamento em 2015, de acordo com o cronograma, que poderá sofrer ajustes. Estamos caminhando com as etapas através do consórcio que foi criado (CISTRISUL) para gerir e administrar o complexo que terá sede em Uberaba, através da construção de uma central operativa.”

 Para receber a ambulância do SAMU, o município de Ibiá terá a responsabilidade e compromisso de construir uma base, e também de disponibilizar o serviço e atendimento assistencial aos municípios vizinhos e a rodovia BR 262 que corta o município.

Ainda há um caminho a ser percorrido. Para ser consolidado, o projeto precisa alcançar avanços importantes junto aos governos estadual e federal e ainda aguardar o posicionamento do Ministério da Saúde, que é o responsável pela compra das ambulâncias do SAMU e repasse ao estado e também por parte do custeio da rede assistencial, com repasse de recursos para custear o serviço nos hospitais pertencentes a rede, de acordo com a reclassificação e perfil desse hospital .

A Santa Casa de Ibiá poderá ser referencia da rede.

#Cidade #Saúde