top of page
Buscar

Técnica de Enfermagem Denuncia Médico por Assédio Sexual em Hospital de Patos de Minas

Profissional registra boletim de ocorrência após incidente no Centro de Terapia Intensiva Neonatal


Imagem: Fábio Marchetto/Agência Minas

PATOS DE MINAS-MG: Uma técnica de enfermagem que atua no Hospital Regional Antônio Dias Maciel, localizado em Patos de Minas, no Triângulo Mineiro, denunciou um médico da unidade de saúde por assédio sexual. O incidente teria ocorrido no dia 30 de maio, mas o boletim de ocorrência foi formalizado na última terça-feira (4). A profissional, cuja identidade não foi revelada, relatou que estava atendendo um paciente no Centro de Terapia Intensiva Neonatal quando o médico entrou no local para solicitar ajuda ao plantonista de descanso.


Segundo a técnica de enfermagem, o médico se aproximou por trás, segurou sua cintura, cheirou seu pescoço e proferiu palavras inadequadas. Apesar de não reagir imediatamente, a vítima procurou a enfermeira-chefe ao final do expediente e formalizou a denúncia.


A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) e a Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu) emitiram nota informando que estão apurando os fatos. O médico em questão presta serviços à unidade por meio de contrato com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Paranaíba (Cisalp), que também será notificado sobre a denúncia. Ambas as instituições repudiam qualquer forma de assédio e incentivam a denúncia para aplicação das medidas punitivas previstas em lei.


A importunação sexual é considerada crime conforme o artigo 215-A do Código Penal, definindo-a como “praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”. A pena prevista varia de um a cinco anos de prisão.


Commenti


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

anuncio marsusi.jpeg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page