top of page
Buscar

Um homem morreu por suspeitas de intoxicação alimentar durante evento em Patrocínio

Outras cinco pessoas do sexo masculino, que participaram do evento apresentaram sintomas de mal-estar. Duas delas foram transferidas para a UTI em estado grave.


Noite trágica na cidade de Patrocínio, na região do Alto Paranaíba em Minas Gerais. Um homem morreu e pelo menos outras cinco pessoas precisaram ser socorridas por suspeitas de intoxicação alimentar. O incidente ocorreu durante um treinamento seguido de uma confraternização de uma empresa, realizados em uma chácara localizada no bairro Serra, na noite de sexta-feira (12).


Os participantes começaram o evento com uma palestra e, em seguida, foi servido um churrasco com carne, arroz, feijão tropeiro, vinagrete, mandioca e bebidas alcoólicas e não alcoólicas. No entanto, durante a madrugada, várias pessoas começaram a se sentir mal.


Wagner Orlandeli Martin, de 37 anos, conhecido como Carotim, foi uma das vítimas e não resistiu, vindo a falecer na manhã do sábado (13). Ele foi encontrado caído no banheiro da chácara, sofrendo uma crise convulsiva. Apesar dos esforços dos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e do Pronto Socorro, Wagner não resistiu.


Duas pessoas que deram entrada no pronto-socorro, juntamente com Wagner, também foram atendidas e, posteriormente, transferidas para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave. No total, seis pessoas do sexo masculino que participaram do evento apresentaram sintomas de mal-estar.


As autoridades policiais estão considerando a intoxicação alimentar como a causa provável, porém, até o momento, não há confirmação sobre a substância específica envolvida.


A perícia da Polícia Civil de Minas Gerais esteve no local e, preliminarmente, não encontrou elementos determinantes. Amostras das comidas e bebidas, servidas durante o evento, foram coletadas para análises laboratoriais, que serão conduzidas para esclarecer as causas da possível intoxicação. A vigilância sanitária também participou das investigações iniciais.


O Secretário de Saúde do município, Luiz Eduardo Salomão, acompanhou de perto os trabalhos da Vigilância Sanitária e prestou assistência aos familiares das vítimas. Ele acionou os órgãos competentes do Estado de Minas Gerais e a Fundação Ezequiel Dias (FUNED) em Belo Horizonte, solicitando análises laboratoriais para identificar a origem do problema.


Um inquérito será instaurado para apurar eventuais responsabilidades, incluindo a oitiva de todos os presentes na festa, organizadores e trabalhadores do evento.

Nas redes sociais, a empresa responsável pelo evento publicou uma nota de pesar pelo falecimento do funcionário. "É com profunda tristeza que lamentamos o falecimento do nosso colaborador e amigo Wagner. Nossos sentimentos a toda família", diz a publicação.

anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page