top of page
Buscar

Grave acidente na BR-050 deixa dois mortos e 10 feridos em Uberaba

Ocorrência foi registrada na madrugada de quinta-feira (14), em Uberaba. Feridos foram socorridos a hospitais em Uberlândia.


Imagem: Redes Sociais/Reprodução

Um trágico acidente de trânsito ocorrido na madrugada de quinta-feira (15) na BR-050, em Uberaba, resultou na morte de dois motoristas e deixou outras 10 pessoas feridas, duas delas em estado grave. A ocorrência envolveu um ônibus da empresa GIPSYY e um caminhão carregado de laranjas.


Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 2h30, quando houve uma violenta colisão entre os dois veículos. O ônibus, que fazia a rota São Paulo (SP) - Goiânia (GO), bateu violentamente na traseira do caminhão. O veículo transportava 45 pessoas, incluindo dois motoristas e 43 passageiros. Infelizmente, os dois motoristas que estavam no ônibus, um de 43 anos e outro de 66, morreram no local. O caminhoneiro não sofreu ferimentos.


A concessionária responsável pela rodovia informou que quatro feridos foram encaminhados para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) e outros seis foram levados para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Pampulha.


Imagem: Redes Sociais/Reprodução

O motorista do caminhão relatou a uma emissora de TV que estava subindo uma ladeira em baixa velocidade quando sentiu um forte impacto. Ao olhar pelo retrovisor, viu o ônibus "colado" na traseira do caminhão. Ele também informou à reportagem que conversou com alguns passageiros do ônibus e um deles afirmou que o motorista estava com sono. "Ele molhou o rosto diversas vezes desde São Paulo", ressaltou.


A pista teve que ser parcialmente interditada no trecho entre Uberaba e Uberlândia, com o tráfego fluindo pela faixa da esquerda por algumas horas antes de ser liberado no início da manhã.


Nossa equipe apurou que o ônibus em questão possui 14 multas pendentes no sistema do Departamento Nacional de Infraestrutura de Terrestres (Dnit), sendo sete por excesso de velocidade de até 20%, e as demais por "não identificação do condutor infrator, imposta à pessoa jurídica", recebidas pelo veículo no período entre agosto e novembro deste ano. No entanto, não há registros recentes de multas no sistema da PRF.


Cerca de 25 passageiros seguiram viagem em 2 outros ônibus da empresa Catedral.


anuncio3458.jpg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page