top of page
Buscar

Ibiaenses sofrem para emitir carteira de identidade


O serviço de emissão da carteira de identidade em Ibiá já está suspenso há mais de um ano por falta de um profissional para confeccioná-las. O fato tem causado um grande transtorno para quem precisa emitir o documento.

A solução encontrada por muitos ibiaenses é procurar outros municípios para emitir o documento. Mas isso nem sempre é uma tarefa fácil. Segundo relato de pessoas que procuram municípios vizinhos para emissão do documento, as dificuldades encontradas são muitas. Alguns municípios não aceitam pessoas de outras cidades ou simplesmente priorizam o serviço para determinadas localidades.

Em entrevista ao portal G1 – Triângulo Mineiro, o técnico comercial, Enio Lúcio de Souza, disse que está tentando fazer a carteira de identidade da sobrinha há mais de 20 dias. Ele já foi, inclusive, em cidades vizinhas, como São Gotardo e Campos Altos, e não teve sucesso. Enio contou ainda que também esteve em Araxá, mas voltou sem a carteira de identidade da sobrinha. Segundo ele, em Araxá, a única pessoa que faz o serviço, está de licença maternidade.

O delegado de São Gotardo, João Henrique Furtado de Oliveira, contou que a cidade atende principalmente os municípios de Tiros e Matutina mas, qualquer pessoa que procurar o serviço será atendido normalmente. Ele ainda explicou que confecciona 30 documentos diários, sendo 15 na parte da manhã e 15 na parte da tarde.

O delegado de Ibiá, Vinícius Ramalho, explicou que o funcionário que fazia a serviço em Ibiá se aposentou e que posteriormente a Delegacia encontrou dificuldades, junto a Prefeitura, encontrar um profissional habilitado a confeccionar os documentos.

Depois de várias tentativas, Vinícius informou que a Delegacia já disponibilizou um policial para realizar as emissões das identidades em Ibiá, mas o serviço só será retomado após a Copa do Mundo, já que o funcionário precisa passar por um treinamento em Belo Horizonte.

#Cidade #Geral