top of page
Buscar

Solidariedade: ação da Igreja Católica distribui comida a quem tem fome em BH

Projeto, que foi idealizado pela Arquidiocese de Belo Horizonte, já distribuiu cerca de 12 mil refeições em um ano.


Foto: Raphael Calixto - Arquidiocese de Belo Horizonte/Divulgação.


Um trabalho solidário de iniciativa da Arquidiocese de Belo Horizonte completou um ano neste sábado com resultados importantes para a sociedade. O projeto da instituição é distribuir refeições aos que tem fome. Em um ano de trabalho foram cerca de 12 mil refeições distribuídas. A reportagem é de Gustavo Werneck do Jornal Estado de Minas. O trabalho da Arquidiocese de Belo Horizonte começa cedo, na cozinha da Catedral Cristo Rei, em construção na Região Norte da capital. Com muita disposição, a equipe de voluntários se integra à ação que garante, toda sexta-feira, almoço de alto valor nutritivo a jovens, idosos, adultos e crianças – famílias que, penalizadas ainda mais pela pandemia, vivem em situação de risco e, não raro, de abandono. A iniciativa inspirada na passagem bíblica "Dai-lhes vós mesmos de comer" traz esperança. "Ela nos lembra o dia em que Jesus realizou o milagre da multiplicação dos pães e peixes", explica o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, dom Walmor Oliveira de Azevedo, idealizador da ação. Segundo o arcebispo, “temos o compromisso com os que passam fome e com as famílias em carência alimentar. A pandemia explicitou ainda mais as desigualdades sociais e aumentou o número de pessoas com fome. O objetivo é identificar os mais necessitados para que possamos ampará-los a partir da Catedral Cristo Rei – Igreja-Mãe”. Antes de serem distribuídos, às sextas-feiras, em comunidades, nas ruas e em viadutos, os 250 pratos são preparados em um trabalho que cresce a partir da caridade e já dobrou de tamanho desde o seu primeiro dia. "Nossa maior preocupação é ajudar aqueles que mais precisam. Temos um cuidado muito grande com o valor nutricional porque sabemos que o alimento chegará para muitas crianças e idosos", explica a coordenadora da iniciativa, Ozana de Fátima Silva. Desde que começou o trabalho, Ozana nunca se ausentou da missão. Do mesmo modo, os alimentos, de alto valor nutritivo, nunca deixaram de chegar, a exemplo de pessoas dispostas a ajudar. Todas as semanas a cozinha da catedral está abastecida com arroz, carne, feijão, abobrinha com ovos, cebola de cabeça, cebolinha, temperos verdes, alface, repolho, cenoura, esse é o exemplo de um prato do dia. DESTINOS


Um dos destinos das refeições é a Congregação das Irmãs Maristas, no Bairro Tupi, na Região Norte de BH, ponto de partida para a logística de distribuição. A irmã Solange Moura, que completa 25 anos de vida dedicada ao amor ao próximo, faz as primeiras entregas principalmente nos bairros Ribeiro de Abreu, Conjunto Felicidade e Tupi. Desde que começou, em 12 de fevereiro de 2021, o programa "Dai-lhes vós mesmos de comer" já partilhou, além de milhares de refeições, cestas-básicas para famílias em situação de vulnerabilidade. Há muitas formas de contribuir com o "Dai-lhes vós mesmos de comer." Quanto aos alimentos "o que mais precisamos aqui, na cozinha, ainda é a proteína", observa Ozana. PARTICIPAÇÃO


As doações podem ser entregues na Catedral Cristo Rei, que fica na Rua Campo Verde, 165, Bairro Juliana, no Bairro Juliana, na Região Norte de BH. Para mais informações, ligar para (31) 3269-3100 e (31) 98623-7387 (whatsapp).


Commentaires


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page