top of page
Buscar

UEMG divulga descoberta de ninho com ovos fossilizados de dinossauro encontrado em Minas Gerais

Atualizado: 29 de mai. de 2023

A ninhada foi encontrada em Monte Alegre de Minas e estava imersa em rochas sedimentares denominadas arenitos a uma profundidade de dois metros.


Imagem: Francisco Neto.


Foi apresentada na manhã desta segunda-feira (22), no campus da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), em Ituiutaba, uma ninhada com cinco ovos fossilizados de dinossauro, com cerca de 80 milhões de anos. A descoberta ocorreu em outubro de 2022, mas só agora foi divulgada.


O fóssil inédito foi encontrado em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro, durante realização de obras no entroncamento das rodovias, BR-365 e BR-153. Eles estavam imersos em rochas sedimentares, denominadas arenitos, a uma profundidade de dois metros. Segundo informações publicadas pelo jornal “O Estado de Minas”, a ninhada foi encontrada pelo paleontólogo Paulo Macedo, da Geopac Consultoria Ambiental (nas áreas de paleontologia espeleologia), empresa contratada pela Ecovias do Cerrado, concessionária responsável pela rodovia BR-365, entre Uberlândia e Jataí (GO).


Ilustração mostra como seria um dinossauro crocodyliforme. Imagem: Rodolfo Nogueira / Reprodução.


A concessionária informou que ainda não é possível afirmar qual espécie que o animal pertence, mas acredita-se que seja de crocodiliformes, embora não se descarte a possibilidade de pertencerem a dinossauros carnívoros de pequeno porte e até mesmo aves.


"Antes de estudos científicos detalhados, é difícil afirmar se esses ovos pertencem a crocodiliformes ou ao outros dois grupos mencionados. A presença de três ovos inteiros abrem a possibilidade de conterem embriões em seus interiores", informou especialistas.

Ainda conforme a Ecovias, o fóssil estava em bom estado de conservação, apesar de ser delicado, pois as cascas dos ovos têm cerca de um milímetro de espessura. Os ovos encontrados intactos, abre a possibilidade de realizar exames para detecção de possíveis embriões.


O material será analisado, caracterizado e detalhado. A descoberta é de grande importância para os estudos paleontológicos da região.


O Triângulo Mineiro figura no cenário nacional como uma região importante em descobertas paleontológicas. A região é conhecida por seu grande patrimônio fossilífero, com vários sítios paleontológicos importantes, incluindo o Complexo Cultural e Científico de Peirópolis, distrito de Uberaba, e a região de Campina Verde, que já foram responsáveis por muitas descobertas importantes de fósseis de dinossauros e outros animais pré-históricos. Além disso, recentemente, a cidade de Uberaba tornou-se o maior sítio paleontológico urbano do Brasil após a descoberta de 283 fósseis de dinossauros na região.



Comentarios


ÚLTIMAS NOTÍCIAS!

anuncio marsusi.jpeg

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

bottom of page